30
Mar 09

 

Florbela de Alma da Conceição Espanca nasceu em Vila Viçosa no Alentejo, no dia 8 de Dezembro de 1894. Filha ilegítima de João Maria Espanca que era fotógrafo e antiquário e de Antónia da Conceição Lobo que era criada. Foi quando tinha 8 anos de idade que escreveu o seu primeiro poema: “Vida e Morte”
Começou os seus estudos no colégio em Vila Viçosa. Mais tarde frequentou o Liceu de Évora e, só depois do seu primeiro casamento com Alberto Moutinho, em 1913, é que concluiu a Secção de Letras do Curso dos Liceus.
Posteriormente estudou Direito na Faculdade de Lisboa. E, foi em 1919 que publicou a sua primeira obra de poesia: “Livro de Mágoas”. Em 1921 divorciou-se de Alberto Moutinho e volta novamente a casar-se com António Guimarães. Dois anos mais tarde publicou o “Livro do Soror Saudade”. Em 1925 Florbela Espanca casou-se, pela terceira vez, com Mário Lage.
A escritora estava ligada por fortes laços afectivos ao seu irmão, Apeles, e este morreu em 1927. Tal acontecimento afectou bastante a sua vida e a sua obra.
Florbela Espanca morreu a 8 de Dezembro de 1930 em Matosinhos como causa oficial um edema pulmonar. Depois da sua morte foram publicados: “Charneca em Flor”; “Contos - As Máscaras do Destino"… .
publicado por saracrisf às 16:31

Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

31


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO