18
Fev 07

Autor: João Aguiar

Titulo: “O Bando dos Quatro – A Estrela de doze pontas”

Editora: Edições ASA

        

Data:

26-10-06

27-10-06

28-10-06

30-10-06

31-10-06

01-11-06

Página:

7-55

29-63

67-74

77-99

103-114

117-171

 

 

 

Resumo

 

 

O Tio João veio viver para Vila Rica, o Carlos, o seu, sobrinho não achou muita graça à ideia. Por motivos familiares, o Carlos, teve que ir passar uma temporada para a casa do Tio João.

No primeiro dia do Carlos em casa do tio, puseram-se os dois a pé cedo e foram ver as construções do Sr. Coelho, e nesse local houve uma explosão e o Carlos encontrou uma estrela de 12 pontas que dizia «chave do tesouro». Eles descobriram que a tal estrela era mais valiosa do que parecia. Também desconfiaram que fosse a chave de um tesouro que desaparecera há muitos anos. Levaram-na para casa e guardaram-na.

No dia seguinte, o Tio João foi à Biblioteca Municipal ver se encontrava algum livro sobre o assunto. Este ficou de, no dia seguinte ir à Biblioteca requisitar um livro. Logo de manhã cedo, o Carlos e o Frederico ficaram a saber que a Biblioteca tinha sido assaltada, e que o único livro que foi roubaram era o que o Tio João ia requisitar. À tarde o Carlos conheceu uma rapariga, a Catarina. Curiosamente o pai da Catarina era amigo do Tio João. Saíram todos de casa, e mais tarde quando regressaram encontraram a porta de casa arrombada e a gaveta onde estava guardada a estrela aberta e vazia.

Era noite e, a Catarina, o Carlos e o Frederico iam foram a uma feira em Vila Rica. Pelo caminho uns homens viram-nos e meteram-nos numa cova grande. O Álvaro (o irmão mais novo do Carlos) chegou ao local, sem que os homens os vi-se, tiro-os para fora. Um dos homens confessou à polícia que o seu patrão era o Sr. Coelho. O Sr. Coelho e o tal homem foram presos. A polícia depois de os prender começou a fazer as buscas, e encontrou a estrela, e devolveu-a ao Carlos.

No dia seguinte, foram todos (o Tio João, o Carlos, o Frederico, o Álvaro, a Catarina e o pai e um amigo do Tio João padre) à Quinta das Azáleas e encontraram...a capela de São Múnio, onde estava o tesouro.

O Carlos, a Catarina, o Álvaro e o Frederico formaram «O BANDO DOS QUATRO».

 

publicado por saracrisf às 20:40

hmjk,.
Anónimo a 19 de Janeiro de 2009 às 17:38

ytg6uiu+´
guu a 28 de Março de 2011 às 21:46

t7tytiutiy8iyiy
Anónimo a 5 de Janeiro de 2013 às 13:55

Eu ja li "a estrela de doze pontas" gostei, mas gostei mais do seu resumo, meus parabens pelo resumo.
Gabriel Elias a 11 de Maio de 2016 às 10:57

Fevereiro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


mais sobre mim
pesquisar
 
links
blogs SAPO